Pular para o conteúdo

3 Espécies de Plantas Para Sala de Estar de Todos os Tamanhos

Compartilhamento nas mídias sociais

A decoração com plantas para sala de estar tem ganhado cada vez mais destaque no mundo do design de interiores, e por boas razões. Além de conferir beleza natural para os espaços, as elas também purificam o ar, aumentam a umidade e criam um ambiente mais acolhedor.


A sala de estar, sendo um dos locais de convívio mais importantes em uma casa, revela-se como uma escolha ideal para a introdução desses elementos naturais.


Neste artigo, exploraremos dicas para ajudar você a decorar sua sala de forma harmoniosa e esteticamente agradável. Boa leitura.


Detalhes sobre 3 das espécies mais utilizadas

Jiboia ou Golden Pothos

plantas para sala de estar


A Jiboia comum, também conhecida como Golden Pothos (Epipremnum aureum), é uma planta extremamente popular para decoração de ambientes internos.


Assine nossa Newsletter e receba todas as novidades!

As folhas em formato de coração são um dos seus principais atrativos. Elas exibem um deslumbrante tom de verde e são marcadas por listras claras ou variegadas que percorrem todo o seu comprimento.


Também é conhecida por ser de fácil manutenção, o que a torna ideal para pessoas que têm pouca experiência em jardinagem. Sendo capaz de prosperar em uma variedade de condições de iluminação, desde áreas bem iluminadas até locais com luz indireta.


Por ser uma planta trepadeira, gosta de se estender e se apoiar em superfícies à medida que cresce. Essa característica a torna adequada para locais elevados, como prateleiras altas, estantes ou suportes suspensos, onde suas folhas podem cair graciosamente, criando um visual cascata.


Palmeira-areca


Com a capacidade de atingir até 12 metros de altura, a palmeira-areca, também conhecida como areca-bambu, figura como uma excelente escolha para adicionar uma presença majestosa à sua sala.


Essa espécie pode ser facilmente cultivada em vasos de tamanho considerável e próspera, tanto em locais parcialmente sombreados quanto em áreas com luz solar direta.


A qualidade do solo é crucial para o seu sucesso. Deste modo, opte por um solo bem drenado, leve e enriquecido com matéria orgânica.


É válido mencionar que plantas para sala de estar como a palmeira-areca, por exemplo, exige cuidados especiais quando colocada em ambientes com ar-condicionado. Isso se deve à sua necessidade de umidade elevada no ar.


Espada de São Jorge


A Sansevieria, popularmente conhecida como Planta de São Jorge ou Espada de São Jorge, conquistou seu lugar como uma escolha querida para decoração. Sua singularidade visual, facilidade de cuidado e contribuição para a qualidade do ar a tornaram uma opção muito procurada.


Originária das regiões tropicais da África, esse lindo verde é admirado por sua resistência notável e habilidade de florescer sob diversas condições de luz e tratamento.


O traço distintivo mais marcante dessa planta manifesta-se em suas folhas. Longas, rígidas e espessas, lembram a forma de espadas, o que deu origem ao nome “Espada de São Jorge”.


As tonalidades de suas folhas podem variar, abrangendo desde o verde-escuro até o verde-claro e, em certos casos, com margens em tons amarelados. Algumas variedades exibem padrões de listras horizontais, acrescentando um elemento extra de interesse visual.


Como decorar a sala de estar

De fato, fazer arranjos no estilo verde é uma excelente maneira de trazer vida, frescor e um toque natural aos ambientes internos e externos da sua casa. Mas, além de proporcionarem beleza estética, também criam um ambiente de bem-estar. Portanto, aqui estão algumas dicas para você harmonizar lindos espaços com plantas de forma eficaz e harmoniosa:


  • Conheça as condições do espaço: Antes de escolher os itens de decoração, avalie as condições do local em que deseja colocá-las. Observe a quantidade de luz natural, a umidade e a temperatura. Isso ajudará a selecionar as que se adaptarão melhor ao ambiente.

  • Variedade de tamanhos e formas: Misture plantas de diferentes alturas, formas e tamanhos para criar um visual mais dinâmico e interessante. Isso ajudará a preencher o espaço de maneira equilibrada.

  • Escolha vasos adequados: Além das já conhecias: Jiboia Comum, Palmeira-areca e Espada de São Jorge, os vasos também desempenham um papel relevante na decoração. Escolha itens que combinem com o estilo da sua casa e que se adequem ao tamanho da planta à medida que ela cresce.

  • Modelos suspensos: é um jeito criativo de aproveitar o espaço vertical e adicionar um toque de verde do teto. Pendure-as em ganchos no teto ou em suportes de parede.

  • Combine com a decoração da sala de estar existente: As plantas devem complementar a decoração existente em vez de competir com ela. Assim sendo, escolha pelas que se encaixam no estilo e nas cores do ambiente.

  • Rearranje periodicamente: Mudar a disposição das plantas de tempos em tempos pode dar uma sensação de renovação ao espaço. Além disso, permite que você as ajuste de acordo com seu crescimento e mudanças nas condições do ambiente.
  • Compartilhamento nas mídias sociais

    Assine nossa Newsletter e receba todas as novidades!

    Marcações:

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    ×